PT EN

O Paradoxo dos gmeos

Dois irmos gmeos esto na Terra quando um deles decide fazer uma viagem de ida e volta a uma estrela prxima, a uma velocidade prxima da velocidade da luz. Quando se voltam a encontrar constatam que possuem idades diferentes. O gmeo que viajou envelheceu mais devagar e agora mais novo que o seu irmo.

Este problema designado por Paradoxo dos Gmeos e uma das consequncias da teoria da Relatividade Restrita. Contm uma aparente contradio com o postulado da teoria que diz que dois referenciais inerciais so equivalentes e que nenhuma experincia pode ser feita que conduza a uma concluso sobre o estado de movimento ou repouso de um observador. Por exemplo, se a viagem for feita a velocidade constante (e invertendo a marcha tambm instantaneamente), o trajecto do irmo que viaja inercial em todo o percurso, excepto no ponto de viragem. Logo, no deveria haver qualquer diferena de idades entre ambos quando se encontram novamente.

Nesta palestra apresentada a histria dos dois irmos, mostrando que existe uma real diferena de idades quando se reencontram, mas sobretudo que esta diferena de idades no contraria nenhum dos postulados da relatividade restrita. uma situao que contraria a nossa intuio, mas no implica nenhuma contradio lgica. Pelo contrrio, todas as experincias que podem ser feitas pelos dois irmos iro conduzir a resultados perfeitamente simtricos, no podendo nenhum dos dois afirmar que o outro que se move.

A abordagem feita a um nvel muito elementar, evitando quaisquer clculos e explicando os princpios da teoria da relatividade atravs de diagramas. Por essa razo, o contedo pode ser compreendido por estudantes do ensino secundrio sem quaisquer noes de relatividade ou pelo pblico em geral.

O mesmo no se pode dizer das consequncias da teoria da relatividade restrita, capazes de dar a volta cabea a qualquer um!